José Guilherme Reis Leite

Colaborador

Informação pessoal

Nome: José Guilherme Reis Leite

Agregação: Colaborador

Grau académico: Doutoramento

Categoria profissional: Aposentado

Instituição: CITCEM

Email: guilhermereisleite@gmail.com

Grupos de investigação

HP - História das Populações

Grau académico

Instituição: Universidade dos Açores

Ano: 1994

Grau: Doutoramento em História

Instituição: Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa

Ano: 1968

Grau: Licenciatura

Teses de Mestrado / Doutoramento / Pós-Doutoramento

Doutoramento: “O Primeiro movimento autonomista açoriano (1890-1910)” pela Universidade dos Açores; orientador Professor Doutor A. H. Oliveira Marques.

Atividade científica

Projetos do CITCEM

Nascer em Portugal dentro e fora do casamento (Séculos XVI a XX) [Mais info]

Publicações do CITCEM

SANTOS, Carlota (coord.) — «Família, Espaço e Património». Braga: CITCEM, 2011. http://ler.letras.up.pt/site/default.aspx?qry=id024id1416&sum=sim

Outras publicações

“A Base das Lajes. Recordações, factos e opiniões”, in Atlântida – Revista de Cultura, Angra do Heroísmo, Instituto Açoriano de Cultura, vol. LXI, 2016, pp. 279-289.

“José Agostinho na intimidade, in Carlos Guilherme Riley (coord.), José Agostinho – Diário de Viagem. Itália e Áustria [agosto-setembro, 1937], Instituto Açoriano de Cultura, 2016, pp. 21-30.

“Constrangimentos e desafios”, in Boletim do Núcleo da Horta, Horta, vol. XXV, 2016, pp. 83-91.

“O Corvo. Uma história singular e trágica”, in Artur Teodoro de Matos e José Guilherme Reis Leite (coord.), Retratos Sociais da ilha do Corvo (do povoamento ao século XIX), Horta, Núcleo Cultural da Horta/Câmara Municipal do Corvo, 2016, pp 29-42.

“Contributo para uma teoria autonómica”, in Dionísio de Sousa (coord.), Autonomia - 40 anos. Presságios e Perspectivas, Angra do Heroísmo, ed. de Dionísio de Sousa, 2016, pp. 91-104.

Com Manuel Faria, transcrição, Introdução e Índices de Códices do Arquivo Histórico Ultramarino – Açores. Vol. II, Códice 530, Angra do Heroísmo, Instituto Histórico da Ilha Terceira, 2016.